Diário de uma grávida 2

Eu só quero desabafar...

24 de março de 2012     Gravidez, Maternidade     5 comentários

Senti a necessidade de escrever um novo diário, dessa vez com 34 semanas! Quero registrar tudo o que eu puder em palavras (não somente na memória) para depois ter lembranças mais concretas dessa fase tão maluca da minha vida, rs.

Alinne está quase chegando e graças a Deus continua se desenvolvendo bem aqui dentro, os movimentos deixaram de ser simples chutinhos já faz tempo, agora ela me faz dar cada pulo de susto!, principalmente quando resolve fazer “carinho” nas minhas costelas… Minha sogra TODOS OS DIAS me faz contar as semanas que faltam pra ela nascer, ansiedade é o sobrenome de todos nós nesse momento.

Eu não consigo passar um dia sem olhar as coisinhas, já tenho cada cor de alfinete decorado de tanto que fico olhando, arrumando, imaginando como usar tal coisa na Alinne… Sinceramente ainda não estou “com medo” de não saber dar banho em um bebê recém-nascido, minha preocupação é muito maior em saber criar e educar do que qualquer outra atividade que eu sinto que vou fazer naturalmente quando ela estiver conosco. O tal do instinto materno. Minha mãe falou que quando nosso bebê nasce, todas as habilidades necessárias nascem junto. Você descobre que sabe fazer coisas que nunca pensou na vida ser capaz.

Com 34 semanas estou menos estressada, porém mais emotiva. Qualquer coisa me faz chorar, inclusive o aparecimento de estrias. Marido disse que é besteira, que eu não preciso me preocupar com isso, mas ele jamais vai entender o que é uma estria na cabeça de uma mulher. Ou então ele pode até entender, mas sabe que o melhor pra ele é me fazer acreditar que isso é um detalhe insignificante, kkkkkk.

Eu tenho plena consciência de que, com 34 semanas, estou bem melhor do que a maioria das grávidas nesse período da gravidez, mas o que estou sentindo já está incomodando bastante. 5 minutos em pé é o suficiente para eu sentir um cansaço como se eu tivesse acabado de sair da academia, já estou andando igualzinho um pinguim e abaixar pra pegar alguma coisa no chão tornou-se uma tarefa quase impossível. Por outro lado, não estou inchada (os pés agora que começaram a ficar “gordinhos”), ainda tenho uma pele limpa e ainda consigo dormir na minha cama (não precisei ir para a poltrona). Não tenho azia e não tenho falta de ar (só quando deito de barriga pra cima).

O que eu tenho muito é FOME! kkkkkkkk.

Até agora aumentei 8kg, digamos que 1kg por mês, ótimo né? Levando em consideração que minha mãe aumentou 20kg em cada gravidez… acho que estou em uma boa média. Espero continuar assim até o dia do parto, vai facilitar a minha vida depois que Alinne estiver aqui fora, toda linda e cheirosa.

Com 34 semanas eu já estou contando os dias para Alinne nascer logo. Falaram que eu vou sentir falta dessa fase e de toda essa barriga, e eu acredito, mas acredito mais ainda que será muito melhor tê-la aqui fora. Já quero trocar o rótulo “grávida” pelo rótulo “mãe”.

Palavras-chave: , ,

Posts Relacionados

Comentários

Comente com o Facebook

Comente com o seu E-mail

  1. 25 de março de 2012 às 4:41 am

    Oi Dajna…
    Foi bem assim que me sentia quando estava esperando o Iuri… só que eu inchei um monte… hehe… Não tive estrias (o truque é manter desde o início a pele bem hidratada, com óleos ou hidratante de amêndoas). Também engordei apenas 8 Kg na gestação e um mês depois já havia perdido os 8 kg que engordei e mais 2 kg que estavam sobrando… hehe…
    E é verdade que sentimos saudades dessa faze!!! E que não tem preço quando eles nos abraçam e demonstram carinho…
    Quando a Alinne nascer tu vai saber o que é o verdadeiro amor!!!
    Te desejo um ótimo parto!!!
    Bjuxxx

    • 25 de março de 2012 às 1:17 pm

      Sobre a hidratação da pele, eu bem que estou cuidando desde o início, mas acho que a genética não estava muito afim de me ajudar… mas tudo bem, vou pensar nisso depois que Alinne nascer, até porque agora não vai adiantar muita coisa né? Estou doida para provar um abracinho pequeno e apertado cheio de ternura… Deve ser maravilhoso!!! Obrigada Lili, beijo.

  2. 26 de março de 2012 às 11:00 pm

    Acabei de conhecer seu blog, e adorei. Já li vários posts e fiquei bastante emocionada lendo esse. Que sua filha nasça com toda a saúde possível e que seja motivo de bastante alegria.

    • 27 de março de 2012 às 10:08 pm

      Muito obrigada Franciele. Que carinho o seu comentários!!! Adorei mesmo. Deus abençoe vc também!!! :)

  3. 29 de março de 2012 às 2:25 pm

    Adorei seu blog, parabéns ^.^

    Quando der venha me conhecer e tomar um chá com cupcakes no meu bloguito, rs irei adorar ?

    beijos

Seu nome:
Seu e-mail:
Seu blog:
Mensagem: